Notícias

home » notícias

12 de Janeiro de 2021 às 06:00

Campanha Janeiro Branco propõe pacto pela saúde mental


Os psiquiatras alertam para a necessidade de cuidados com a saúde mental, principalmente por diversos problemas devido à pandemia do coronavírus. Especialistas já constataram que a crise de saúde e o teletrabalho acabaram desencadeando uma série de vulnerabilidades como ansiedade, nervosismo ou tensão, perturbação de sono e uso abusivo de álcool e medicamentos, principalmente entre os trabalhadores de serviços essenciais, como os bancários.

Segundo os dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas no mundo (9,3% da população) e o segundo país das Américas com maior número de pessoas depressivas, equivalentes a 5,8% da população, atrás apenas dos Estados Unidos, com 5,9%. A depressão é uma doença que afeta 4,4% da população mundial.

Com o governo Bolsonaro, programas de prevenção à saúde mental serão desabilitados, atingindo principalmente a população em situação de rua e pessoas com transtornos mentais.

O Sindicato alerta que os bancários e as bancárias que estão se sentido depressivos, ansiosos ou angustiados devem procurar apoio psicológico. “Quem cuida da MENTE, cuida da VIDA”. A saúde em primeiro lugar.  

Sindicato dos Bancários de Dourados e Região.


Notícias Relacionadas