Notícias

home » notícias

22 de Novembro de 2016 às 11:33

Contraf apoia Chapa 1 para representar os empregados da Caixa no Conselho de Administração (CA)

A Chapa 1 tem como candidatos Rita Serrano (titular) e Orency Francisco (suplente)


Crédito: Divulgação

A campanha para eleger os representantes dos empregados no Conselho de Administração (CA) da Caixa começa nesta terça-feira (22). A Contraf-CUT apoia a Chapa 1, que tem como candidatos Rita Serrano (titular), coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, e Orency Francisco (suplente).

As principais propostas da Chapa 1 são o comprometimento com os empregados e a Caixa pública, garantia de transparência e fiscalização, com vista à sustentabilidade, e uma governança que respeite a diversidade e a comunicação com os trabalhadores.

A eleição, entre os dias 12 e 16 de dezembro (primeiro turno), ocorre num momento delicado de ameaças para a Caixa e seus empregados. Rita, que é suplente na atual gestão, protagoniza a defesa do banco público desde seu ingresso no movimento sindical, nos anos 1990. Mais recentemente, também como coordenadora do comitê, que nasceu na luta contra o PLS 555, um projeto que objetivava a transformação de todas as empresas públicas brasileiras em sociedades anônimas e cujo teor foi modificado graças às ações das entidades representativas dos trabalhadores articuladas com o comitê. 

Para saber mais sobre a eleição, sua importância para os empregados e as propostas dos candidatos da chapa 1 acesse https://www.facebook.com/cachapa1

Abaixo, segue texto de apresentação de Rita e, no anexo, o jornal da chapa 1 com mais informações sobre a eleição, os candidatos e suas propostas.

Confira aqui o jornal da chapa 1

Caros colegas da Caixa, 

Meu nome é Rita Serrano, sou empregada da Caixa desde 1989 e acredito que muitos já me conheçam pela atuação no Conselho de Administração da Caixa e no movimento sindical. Minha candidatura a representante dos empregados no CA para a próxima gestão foi discutida e definida por entidades e instâncias associativas e sindicais das quais participo, como sindicatos, federações e confederações, entre as quais a Fenae e a Contraf-CUT. Uma legitimidade que vem se somar às muitas décadas de lutas em defesa dos empregados da Caixa que marcam minha trajetória.

Quero deixar claro que a Chapa 1, composta por mim e por Orency Francisco, tem como premissa representar a todos os empregados da Caixa, e não apenas um determinado segmento. Entendo que ocupar esse posto no CA não representa “carreira”, mas sim a continuidade da missão assumida em defesa dos trabalhadores e do banco, que tem um papel social que precisa ser mantido. Tanto eu quanto Orency Silva somos qualificados para o cargo, com experiência em gestão pública e formação acadêmica compatível, mesmo se aplicados os rigorosos critérios do Estatuto das Estatais. O posto exige grande responsabilidade, inclusive legal, à qual já respondo como atual suplente.

Independentemente desses critérios e obrigações, porém, entendo que o diferencial que caracteriza um bom representante dos empregados no CA é o compromisso mantido com eles. Esse comprometimento tem marcado minha participação no CA, com prestação de contas em diversos estados do País e frequentes reuniões com os empregados. Por isso, peço seu voto na chapa 1, desde já agradecendo a participação e colocando-me à disposição para esclarecimentos ou debates que possam engrandecer e contribuir para a qualidade do emprego na Caixa e seu papel como banco 100% público.

Rita Serrano

Fonte: Contraf-CUT


Notícias Relacionadas