Notícias

home » notícias

26 de Janeiro de 2021 às 05:00

Bancários de Campo Grande e região aprovam paralisação no Banco do Brasil no dia 29


Os bancários do Banco do Brasil aprovaram em assembleia virtual realizada nesta segunda-feira, dia 25, a paralisação do dia 29 de janeiro de 2021 em protesto contra a reestruturação do banco. A proposta foi aprovada por 83,82% dos bancários do BB, da base do Sindicato de Campo Grande-MS e Região, que votaram.

Em virtude da frustração das negociações com a direção do banco público, inclusive com a intermediação do Ministério Público do Trabalho (MPT), foi realizada assembleia extraordinária específica onde os trabalhadores de todo o país deliberaram e aprovaram a paralisação por prazo determinado a partir das 00h00m até às 23h59m do dia 29 de janeiro de 2021.

“O sindicato tem se mantido ativo nos protestos e tentativas de negociações com o banco, os prejuízos desse desmonte não atingem apenas os bancários, mas também toda a população que vai sofrer com o fechamento de agências e cortes de funcionários. Até então, nossas reivindicações não foram ouvidas pela direção do banco e, por isso, decidimos pela paralisação. Reforço a importância da participação de todos, pois o sindicato sozinho não tem força, a gente faz o movimento, mas o sucesso depende do envolvimento de cada um dos trabalhadores”, reforça a presidenta do SEEBCG-MS, Neide Rodrigues.

Vale ressaltar que o direito de greve dos trabalhadores está amparado por legislação federal. De acordo com o que determina a Lei nº 7.783/89, é “assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender”.

Para comunicar toda a população sobre a paralisação do dia 29, o sindicato também vai publicar um aviso de greve no jornal O Estado MS, na edição desta terça-feira (26) - (confira abaixo).

Desmonte

Em todo o país, cerca de 4.200 bancários serão prejudicados por esta medida, de acordo com a Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB).

O plano de reestruturação prevê o fechamento de 361 unidades do banco, incluindo agências, postos de atendimento e escritórios. Além disso, serão abertas duas modalidades de Plano de Demissão Voluntária (PDV) que têm por meta dispensar 5 mil trabalhadores em todo país. As mudanças podem atingir 1.091 bancários da base do SEEBCG-MS.

AVISO DE GREVE

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE CAMPO GRANDE MS E REGIÃO, por seu Presidente, para cumprimento das exigências contidas na Lei nº 7.783/89, avisa aos usuários dos serviços e a população em geral, que os empregados pertencentes à categoria bancária que prestam serviços ao Banco do Brasil S/A, em assembleia realizada em 25/01/2021 deliberaram em paralisar suas atividades a partir da 00h00m até às 23h59m do dia 29/01/2021.

Campo Grande/MS, 26 de janeiro de 2021.

Neide Maria Rodrigues
Presidenta


Notícias Relacionadas